Viagem à Suiça




Suiça Winterthur

Suiça é um país lindo! Os alpes… os chocolates (hum), a arquitetura das cidades… Gostei bastante de conhecer esse país. Sei que a Suiça funciona como paraíso fiscal de alguns milionários que desviam-se do “grande leão”, especialmente do “grande leão brasileiro”. E isso é um pouco lamentável…

Viagem à Suiça

Winterthur

Previ os preços altos, mas não pensei, de fato, que fossem tão altos rsrs. Fiquei um pouco incomodado com isso, pois a nossa moeda, simplesmente, não vale nada lá (em outros países da Europa, o nosso poder de compra não é tão insignificante quanto na Suiça. Até comer no Mac Donalds é difícil por lá rsrs). A moeda da Suiça é o Franco Suíço, mas, embora o Euro esteja quase a mesma cotação do Franco, os preços na Suiça são mais caros do que nos outros países europeus. Eu me senti tão pobre na Suiça rsrsrs, tinha medo de entrar até nas lojas. (Ouvi dizer por ai que a Ophra viajou para a Suiça e uma atendente de uma loja ofereceu para ela outra bolsa, dizendo que o preço da qual ela escolheu era inviável para ela comprar. A Ophra se sentiu ofendida e saiu da Suiça dizendo que aquilo foi racismo). Até os turistas pagam impostos para o governo, mas podem resgatar parte do dinheiro antes de sair do país.

DSCN4674

No verão, escurece tarde na Suiça. O problema é que, tirando bares e alguns restaurantes, a cidade, literalmente, para após as 18 horas. E não é fácil achar estabelecimento 24 horas. Isso também acontece em outras cidades europeias, e em países de outros continentes como em Capetown, na África do Sul (senti falta de um mercado 24h). Quando troquei de aeroporto, sai do centro de Zurique para ir ao aeroporto de Basel, esqueci de comprar comida. Onze horas da noite e o aeroporto estava “morto”, nenhuma balinha sendo vendida. Encontrei um aplicativo de delivery na Suiça, mas o restaurante, embora tenha dito que entregaria, pontualmente, o meu pedido, não o fez. Fiquei horas sem comer rsrs. Ah, detalhe, as máquinas de comida no aeroporto, depois de um certo horário, não funcionam. Perdi 20 reais nessa brincadeira, no aeroporto de Basel. Fiquei muito indignado e o pessoal da segurança disse que eu só poderia resgatar o valor no próximo dia. Brincadeira, né?

Parques na Suiça

Fiquei hospedado no IBIS em Winthertur. Achei o hotel mediano. O café da manhã foi maravilhoso, mas o hotel cheirava mal, tinha cheiro de coisa velha, e a internet era completamente instável no meu laptop, funcionou algumas vezes no celular. Mas esse foi o hotel mais barato que encontrei, então… mesmo assim, achei caro. Paguei, para dois dias, mais de 600 reais para 2 pessoas. Esse era um dos poucos hotéis baratos com café da manhã incluso gratuito. O maior problema, a meu ver, foi a localização do hotel, distante do centro (30 minutos de trem). Eu jamais pensei, no entanto, que uma distância de 30 minutos de trem na Suiça custaria, para duas pessoas, 400 reais. Gente como as pessoas não informam isso na internet? Oi? É natural assim ir para a Suiça e a cada passo gastar 400 reais? Eu achei um ABSURDO!!! E fica a dica. Não compensa ficar distante do aeroporto, tampouco do centro, pois, se a intenção for conhecer o centro, custará muito sair de qualquer outro lugar. Para variar, depois tive de pegar um trem para ir ao aeroporto de Basel, que ficava cerca de 1h de de Winthertur. Eu havia comprado uma passagem pela Easyjet, para a Islândia. A passagem estava na promoção, paguei pouco pelo trajeto, acho que algo em torno de 200 euros por pessoa (para conhecer a Islândia, acho que valeu a pena :)). Paguei também outros trechos baratos, 90 euros da Islândia para a Inglaterra e 40 da Inglaterra para a França.

Jogo de xadrez Suiça

Gostei muito de Winthertur. Há muitos bares e lojas próximas da estação de trem. Passei por uns parques lindos. Dá para conhecer a cidade em um dia. É um clima muito charmoso e não é tão movimentado como no centro.

Ah, os chocolates são muito baratos em relação aos preços no Brasil. Comprei 1 kg de chocolate por menos de 6 reais (,marca de chocolate de mercado local, mas era melhor do que Nestle). Achei interessante as pessoas se banharem em praças na Suiça. Também achei legal alguns jogos de xadrez gigantes que ficam pelas ruas. É uma atividade gratuita bacana, para quem sabe jogar rsrs.

Sinceramente? Eu viveria para todo o sempre na Suiça, especialmente em virtude da educação das pessoas. Eu fui muito bem recebido por lá. As pessoas são calmas, vivem a vida numa cautela, numa tranquilidade…. mas eu precisaria receber mais do que em Euros para isso. Acho que há um sentimento de respeito e de cidadania muito forte entre as pessoas lá. Eles são muito atenciosos e tranquilos. Conheci um espanhol que morava lá e disse que não aguentava essa característica dos suíços, disse que eles eram muito parados e na deles, que não eram tão animados como os espanhóis e que isso era muito entediante.

DSCN4680

As cidades são limpas, tudo funciona no horário, mas lojas e outros estabelecimentos abrem tarde e fecham cedo. Como a claridade do dia estende-se até as 20 horas da noite, ao menos foi assim no verão, para quem não é de “balada”, a noite é um pouco chata por lá.

Share on Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *