Lagoa Azul – Islândia

IMG_0123Lagoa AzulDSC04179

IMG_0006

Achei a Lagoa Azul um lugar tão incrível que decidi escrever um post, apenas, sobre ela. A lagoa azul localiza-se na Islândia, próxima ao vilajero de Grindavik, cerca de 40 minutos de carro do aeroporto. A Lagoa Azul é uma lagoa de águas termais. É rica em silício, o que contribui para que o local seja considerado um spa natural; enquantos os turistas se banham na lagoa, cuidam da pele com essa substância rejuvenecedora.

Lagoa Azul avião

IMG_0001

Há um bar na própria lagoa, que “ferve” para manter o turista bem aquecido. A fumaça da água, as rochas vulcânicas, e o tom azul da lagoa dão um tom misterioso a esta, deixando o local com uma vista deslumbrante. Não é a toa que este local está incluído entre as 20 maravilhas do mundo e eu assino embaixo (vale muito a pena conhecer).


Lagoa Azul

É preciso reservar a entrada antes de visitar a lagoa. O custo é de cerca de 45 euros por pessoa. E eles têm um sistema muito eficiente dentro do local (eles dão uma pulseira magnética na entrada O.o e ela contabilizará cada centavinho que você gastar lá dentro rsrs). Se perder a pulseira, nem queira saber o custo, mas deve chegar a casa dos 500 euros (2.500,00 reais). Então, amarre-a bem no seu braço kkk.

IMG_0264

A equipe deles é muito preparada. Há um bar na lagoa, enquanto você relaxa, sempre tem alguém para atendê-lo e até para tirar foto de você rsrs.

IMG_0119

DSC04208

IMG_0021

Share on Facebook

5 ideias sobre “Lagoa Azul – Islândia

  1. Oi, Anderson

    Que legal esse passeio! Uma pena que eu não tenha encarado, me contentei de ver la do alto, do avião. Deve ser algo super diferente pra se fazer. Se um dia voltar a Islândia, certamente vou incluir essa visita no roteiro.

    =DD

  2. Gostaria de saber de você, como economizou para uma viagem assim, quanto tempo e quanto foi seu gasto total.
    Desculpe se fui indiscreta, desde já agradeço!

    • Nataly, boa noite! A sua pergunta é muito pertinente (vários leitores me fazem esse questionamento). Farei um post sobre isso e replicarei por aqui. Mas esclareço que uma viagem (um mês) por alguns países da Europa pode chegar a custar entre 5 a 20 mil reais (ou mais) por pessoa (isso depende do estilo de sua viagem: mochilão, couchsurfing (você se hospeda, gratuitamente, na casa das pessoas) e do padrão que você terá enquanto viajar).

      A Islândia é um país caro. A minha prioridade nessa viagem foi conhecer a Lagoa Azul, não fiquei em um hotel com piscina, fiquei em um quarto com fogão, para eu mesmo cozinhar a minha comida, em uma vila de pescadores. Não tive tempo nem interesse em conhecer outros locais, até porque eu tinha outras prioridades em outros países, fiquei apenas 2 dias na Islândia… Então, apesar de ir para um spa, em um país tão caro, isso se alinhou aos meus objetivos: ficar 2 dias por lá e conhecer esse local, uma das 20 maravilhas do mundo. Se você quiser e tiver tempo, e economizar dinheiro, poderá passar muitos dias na Islândia… 😀

      Eu gosto de fugir, às vezes, da rota convencional dos turistas, gosto de me divertir conhecendo cidades em uma perspectiva mais local e econômica, fujo de shoppings, ando de ônibus, a não ser nos casos em que isso é inevitável. A Islândia, por exemplo, é um país muito caro… foi difícil me organizar nessa viagem, porque tudo por lá era muito caro e não foi muito fácil conseguir ter acesso, por exemplo, a ônibus (eu estava em uma vila de pescadores como falei e estava tão cansado. No final das contas, saí um pouco do meu planejamento, choveu… enfim. Acabei tendo de economizar em outros trajetos, cancelei algumas hospedagens, diminui os meus gastos e replanejei alguns passeios).

      Eu não viajei apenas para a Islândia, mas para vários outros países. Passei quase 6 meses planejando essa viagem. Planejei a minha viagem para gastar x, mas levei 30% a mais desse valor, para qualquer eventualidade.

      Algumas pessoas escolhem sair todas as semanas, gastar dinheiro com carro, investir em filhos, investir em outras coisas… eu escolhi investir em viagens e isso me faz muito feliz (devo viajar três vezes por ano, mas abro mão de algumas coisas por isso, nada muito complicado… quando eu era mais jovem, lembro de uma dentista que me atendia, funcionária pública, formada, pós-graduada, perguntar como eu, um adolescente, que não tinha paitrocíneo, conseguia dinheiro para viajar tanto (acho que ela pensava que eu era garoto de programa)… eu dizia que me programava e investia o meu dinheiro nisso, simples assim, que essa era a minha prioridade. Ela não entendeu… provavelmente, quando acabou o horário de trabalho dela, pegou o carro dela, passou em um fastgood, comeu até rsrs, chegou em casa, levou as crianças para o cinema, encerrou o dia comendo em mais fastfood, passou em uma loja e comprou umas camisas que a agradou… e assim o seu dinheiro vai indo embora… ao final, você não entende o porquê isso acontece (mesmo pessoas bem-sucedidas profissionalmente).

      Obs: fui para a Islândia de Easyjet, depois de entrar na europa pela Suiça (Easyjet, Ryanair e outras empresas europeias têm baixo custo. É possível rodar a europa, se você se planejar e pesquisar, conhecer vários países e pagar até 8 euros em uma viagem aérea de um país para outro. Para a Islândia, paguei 200 euros, ida e volta incluídas).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *